Moradora de Contagem, Lili, como Maria do Carmo gosta de ser chamada, costumava ser uma pessoa muito ativa: dava aulas de geografia, é mãe de 3 filhos e já publicou 2 livros. Aos 56 anos, logo após a perda de seu marido, ela se descobriu com uma doença rara que afeta o cérebro e faz, de forma progressiva, com que perca a coordenação motora. Inicialmente abalada, mesmo com todas as adversidades, Lili se redescobriu uma pessoa feliz.

Venha conhecer a história da Maria do Carmo que, apesar de todas as dificuldades, ainda vive feliz e nos dá uma lição de como superar os obstáculos da vida.

1 Comentário

    Ela não anda. Ela DESFILA!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *